A Seleção Brasileira de Futebol Feminino de despediu da Copa do Mundo após realizar, contra a França, o melhor jogo da competição até o momento. As brasileiras foram perfeitas taticamente durante os 90 minutos, e no detalhe, no segundo tempo da prorrogação, as adversárias marcaram o gol e garantiram a classificação para a próxima fase.

Apesar da derrota, o técnico Oswaldo Alvarez exaltou a entrega das atletas e a campanha feita no Mundial. “Embora a gente não tenha passado, dentro do campo fizemos uma Copa muito boa. Tivemos muitas baixas por contusão antes e durante a competição. Mas, o importante é que nós tivemos um desempenho muito bom, inclusive neste último jogo, que estava difícil para os dois lados e alguém precisava achar um espaço para definir a partida. Na reza ainda disse que elas mereciam uma sorte melhor e agradeci a entrega de todas”.

O treinador ainda agradeceu ao presidente da CBF, Rogério Caboclo, pelo respaldo ao trabalho. “No momento mais difícil, quando eu estava pressionado, ele me deu todo o respaldo para continuar trabalhando. Nesta segunda passagem, nós sofremos muito e entendemos que houve um certo desgaste, mas o presidente bancou nossa permanência. Então, neste momento, cabe a direção tomar a decisão que ela achar melhor”.

 

(Foto: CBF)