As comandadas pelo técnico Oswaldo Alvarez mantiveram a aplicação tática e venceram a seleção do Chile por 3 a 1, na noite desta segunda-feira, no Estádio La Portada, em La Serena. Os gols foram marcados por Mônica, Bia Zaneratto e Thaisinha.

Apesar da pressão da torcida anfitriã, a Seleção Brasileira fez um bom primeiro tempo e controlou a partida. “A gente traçou o perfil do jogo e foi exatamente aquilo que aconteceu. Eles num entusiasmo muito grande, a torcida empurrando o tempo todo. Mesmo com três a zero, a torcida adversária não deixou de incentivar. Aí eles conseguiram um gol de fora da área, se entusiasmaram novamente, mas controlamos. Fizemos um primeiro tempo muito bom. No segundo tempo, tivemos alguns erros, faltou usar um pouco mais as jogadas pelas laterais, em profundidade, mas faz parte”, comentou o treinador.

Vadão ressaltou a importância desta primeira vitória no quadrangular final e já projetou o duelo contra as argentinas. “A Argentina surpreendeu vencendo a Colômbia. Este confronto com elas, agora, será praticamente decisivo. Assim como nós, elas saíram na frente e criaram uma situação favorável para garantir a vaga”.

Brasil e Argentina se enfrentam nesta quinta-feira (19), às 16h45, no Estádio La Portada. As duas equipes lideram o quadrangular final com três pontos e dois gols de saldo.

 

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)