A vitória sobre a Venezuela por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, trouxe tranquilidade para a Seleção Brasileira. As comandadas pelo técnico Oswaldo Alvarez garantiram a classificação antecipada para a fase final da Copa América com 9 pontos e 14 gols de saldo. Nesta partida, os gols foram marcados por Mônica, Bia Zaneratto (2) e Marta.

Apesar da marcação das venezuelanas e muitas chances perdidas, as brasileiras conseguiram envolver as adversárias. “Nos primeiros 15 minutos erramos muitos passes e demoramos para assentar no jogo. Mesmo assim, criamos muitas oportunidades não convertemos todas. No segundo tempo não corremos nenhum risco, retomamos o controle. Nós pedimos para cadenciar um pouco mais o jogo e esperar o momento certo da infiltração. Aí continuamos criando ótimas situações de finalização, mas também desperdiçamos boas oportunidades. Apesar disso, terminamos bem e nos classificamos de forma antecipada”, explicou o treinador.

Com a classificação garantida, Vadão prometeu alterações no time para dar ritmo às atletas que ainda não atuaram na Copa América. “Faremos várias alterações no jogo seguinte para colocar as outras atletas para jogar. Todas vão entrar em campo. A classificação antecipada nos dá essa tranquilidade para trabalhar. Podemos poupar algumas atletas e colocar as demais em atividade, porque, na fase seguinte, nós vamos precisar de todo mundo. As substituições, normalmente, são mais frequentes até porque o grau de dificuldade aumenta e os jogos são decisivos”.

O próximo compromisso da Seleção Brasileira, que encerra a fase de grupos, será nesta sexta-feira, contra a Bolívia, às 19h, no Estádio Sanchez Rumoroso, em Coquimbo, no Chile.

 

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)