Confronto de quartas de final definido. As adversárias são velhas conhecidas da Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Depois de garantir a primeira colocação na fase de grupo, com 7 pontos – duas vitórias, sobre China e Suécia, e um empate com a África do Sul -, o Brasil enfrenta a Austrália.

Para o técnico Oswaldo Alvarez, o momento é de minimizar os erros. “Agora com tudo definido, daqui para frente, é hora de minimizar os erros. Porque qualquer erro pode custar muito caro e nós já passamos por isso contra a própria Austrália”, comentou o treinador referindo-se à partida das oitavas de final do Mundial, quando a Seleção Brasileira era melhor em campo, mas acabou tomando o gol, o único sofrido em toda a competição, e foi desclassificada.

Apesar do retrospecto e de reconhecer a qualidade das australianas, Vadão acredita que a equipe está preparada e confiante. “A expectativa é muito boa. A equipe está confiante. Tivemos o privilégio de nos classificar com uma rodada de antecedência, o que nos permitiu descansar algumas atletas e dar ritmo de jogo para aquelas que não vinham atuando. Todas as providências foram tomadas e o planejamento foi muito bem feito. Expectativa é grande! Uma vitória contra a Austrália nos coloca entre as quatro melhores seleções”.

Brasil e Austrália se enfrentam nesta sexta-feira, às 22h, no Mineirão, em Belo Horizonte.

 

(Foto: Ricardo Stuckert/CBF)