O técnico Oswaldo Alvarez anunciou, na tarde desta terça-feira, a lista oficial das atletas que irão disputar as Olimpíadas no Rio de Janeiro. O anúncio foi feito na sede da CBF, seguida de uma coletiva de imprensa.

Para o treinador, este foi um dos momentos mais delicados desde que assumiu a seleção feminina. “É muito difícil. A lista para as Olimpíadas é muito curta. São apenas 18 atletas e mais quatro que ficam de stand by. E para nós, que criamos a seleção permanente e convivemos diariamente por dois anos, é ainda pior, porque o laço que criamos dificulta a decisão dos cortes”.

Durante a coletiva, Vadão comentou sobre a liberação das atletas que estão atuando em clubes fora do país, a pressão pela medalha e o trabalho psicológico e a importância das atletas mais experientes que darão sustentação à equipe neste momento em que se inicia uma renovação. “Fizemos uma reformulação. Atletas como Formiga, Marta e Cristiane darão sustentação ao elenco. Fizemos tudo para preservar as mais experientes, mas algumas atletas mais jovens, neste momento, estão se destacando e a convocação foi exclusivamente baseada em critérios físicos e técnicos”.

O treinador ainda afirmou  que se sente privilegiado neste momento. “Serei eternamente agradecido por estar aqui e ter a oportunidade de disputar as Olimpíadas. Acho que Deus escolheu a dedo este momento, porque depois de tanto tempo de carreia, eu estarei representando o Brasil em uma edição dos jogos em casa, com a nossa torcida”.

 

Confira a lista:

Goleiras: Bárbara e Aline.

Zagueiras: Mônica, Rafaelle, Érika e Bruna Benittes

Laterais: Fabiana, Tamires e Poliana

Meio-Campo: Thaísa, Formiga, Andressinha e Marta

Atacantes: Cristiane, Debinha, Bia Zaneratto, Andressa Alves e Raquel

Suplentes: Luciana (goleira), Camila (lateral), Thais (meio-campo) e Darlene (atacante)

 

(Foto: Imagem CBF TV)