No quatro confronto entre canadenses e brasileiras, desde que Oswaldo Alvarez assumiu a Seleção Brasileira, o Canadá levou a melhor e ficou com o título da Algarve Cup. No ano passado, o Brasil venceu as outras três partidas. No Pan-Americano, em Toronto, vitória por 2 a 0, e no Torneio Internacional de Natal, 2 a 1 na primeira partida e 3 a 1 na final – o hexacampeonato da Seleção no torneio.

A derrota na tarde de ontem foi uma consequência do desperdício de chances do time brasileiro, segundo Vadão. “Em uma decisão, não se pode desperdiçar as chances, principalmente contra um time competitivo e organizado como é o Canadá. Nos criamos várias oportunidades para fazer o gol, não fizemos, e acabamos pagando caro. Durante todo o jogo, o Canadá não teve chances reais de gol, mas soube aproveitar duas falhas que tivemos”.

Apesar do revés, o treinador avaliou como positivo o início da preparação para o Rio 2016. Foram quatro jogos, três vitórias e uma derrota, com oito gols marcados e apenas três sofridos. “Foi um bom inicio de trabalho. O torneio de Algarve é curto, e vencemos três dos quatro jogos que tínhamos para disputar. Então o saldo foi bom, apesar de não vencermos na final”.