O técnico Oswaldo Alvarez segue com a escalação indefinida para a estreia da Seleção Feminina contra as argentinas, no Torneio Internacional de Brasília. Isso porque o treinador comanda, na tarde desta terça-feira, o único treino com o grupo completo antes do primeiro jogo que está marcado para amanhã, às 21h50, no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Apesar de a base ser a equipe campeã da Copa América, Vadão lamentou a ausência das atletas no período de preparação. “Não foi como a gente gostaria. No começo, liberamos oito atletas da Ferroviária e do Kindermann para a disputa da final do Brasileiro. Depois liberamos mais sete atletas do São José, que disputaram o Mundial no Japão. Isso, sem contar a Marta, que estava de férias e cumpriu uma agenda de compromissos”.

O treinador da Seleção Feminina afirmou ainda que apesar da dificuldade, o trabalho realizado antes da Copa América foi muito bom e, pelo pouco tempo, dá para aproveitar muita coisa. “Temos uma base boa da Copa América, quando fomos campeões. Então parte do trabalho pode ser aproveitado”.

Após a estreia, o próximo adversário será os Estados Unidos, no dia 14, às 18h45. No dia 17, o jogo decisivo da primeira fase será contra a China, às 21h50.