Após uma sequência de três amistosos internacionais – um contra a França e dois contra a Nova Zelândia – Vadão comemorou a evolução tática da equipe. Embora o último confronto, realizado na madrugada de ontem, tenha terminado em empate, o treinador ficou muito satisfeito. “Este último jogo foi muito bom. As atletas foram muito aplicadas. Tivemos uma evolução tática expressiva”.

Vadão exaltou o sistema defensivo. “No primeiro jogo contra a Nova Zelândia sofremos um pouco com atuação de algumas jogadoras adversárias muito técnicas. Neste segundo confronto, nós neutralizamos a equipe adversária e infelizmente, pecamos nos detalhes do sistema ofensivo. Vamos trabalhar isto”.

A delegação retorna ao Brasil nesta segunda-feira.